Anthony Quinn

Anthony Quinn, nascido Antonio Rudolfo Oaxaca Quinn (Chihuahua, 21 de abril de 1915 — Boston, 3 de junho de 2001) foi um premiado ator americano nascido no México.

Anthony Quinn nasceu como Antonio Rudolfo Oaxaca Quinn em 21 de Abril de 1915, em Chihuahua, no México, filho de Manuela Oaxaca e Francisco Quinn, assistente de câmera em um estúdio de cinema de Los Angeles. Seu avô paterno era irlandês, e o resto de sua família era mexicano.

Depois de iniciar a vida em circunstâncias extremamente modestas no México, sua família mudou-se para Los Angeles, Califórnia, onde ele cresceu na Boyle Heights e no bairro Echo Park. O jovem Quinn treinava boxe (que lhe foi muito útil como ator), e mais tarde estudou arquitetura no estúdio do grande arquiteto, Taliesin, no Arizona. Quinn estava por perto de Wright, que o encorajou quando Quinn decidiu se aventurar no teatro. Depois de um breve estágio no teatro, Quinn foi para Hollywood em 1936 e obteve uma variedade de pequenos papéis em vários filmes da Paramount, incluindo um guerreiro índio em Jornadas Heróicas (1936), que foi dirigido por um homem que mais tarde se tornou seu sogro, Cecil B. DeMille.

Como um ator contratado na Paramount, Quinn principalmente atuou como vilões e tipos étnicos, tais como um chefe árabe no filme A Sedução de Marrocos (1942). Com muitos atores do serviço de combate da Segunda Guerra Mundial, Quinn obteve melhores papéis coadjuvantes. Ele havia se casado com a filha de DeMille, Katherine DeMille, que lhe permitiu se projetar nos círculos superiores da sociedade Hollywood.

Ele se desencantou com sua carreira e não renovou seu contrato com a Paramount, apesar dos conselhos dos outros, incluindo o sogro (a quem Quinn sentia que não o aceitava devido às suas raízes mexicanas). Em vez disso, ele voltou ao palco para aperfeiçoar sua arte. No teatro fez "Um Bonde Chamado Desejo" em Chicago e na Broadway (onde ele substituiu o lendário Marlon Brando, que está sempre associado com o papel), e com isso fez sua reputação e impulsionou sua carreira no cinema, quando ele retornou ao cinema.

Brando e Elia Kazan, que dirigiu "Bonde" na Broadway e no filme, foram cruciais para o sucesso futuro da Quinn. Kazan, sabendo que os dois eram rivais em potencial, devido às suas representações aclamadas de Kowalski, lançou Quinn como o irmão de Brando no filme biográfico do revolucionário mexicano Emiliano Zapata, Viva Zapata! (1952). Quinn ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante de 1952, tornando-se o primeiro mexicano-americano a ganhar um Oscar. Não era para ser sua única aparição como vencedor no Oscar: ele ganhou seu segundo Ator Coadjuvante Oscar em 1957 por sua interpretação no filme filme biográfico sobre Van Gogh, Sede de Viver (1956), ao lado de Kirk Douglas.

Durante a próxima década Quinn viveu na Itália e tornou-se uma figura importante do cinema mundial, quando muitos estúdios foram para a Itália para tirar proveito dos custos mais baixos (chamada "produção runaway", que tinha esbofeteado a indústria desde o seu início na área de New York/New Jersey desde a década de 1910). Ele apareceu em vários filmes italianos, dando uma de suas maiores performances como o homem forte do circo que embrutece a alma doce na obra-prima de Federico Fellini, no filme A Estrada da Vida (1954). Alternando entre a Europa e Hollywood, Quinn construiu sua reputação e entrou rank de atores de caráter e personalidade fortes.

Ele recebeu sua terceira indicação ao Oscar (e primeiro de Melhor Ator) no filme de George Cukor - A Fúria da Carne (1957). Ele desempenhou um combatente da resistência grega durante a ocupação nazista no filme Os Canhões de Navarone (1961), e recebeu elogios por sua interpretação de um boxeador no filme Réquiem Para um Lutador (1962). Ele voltou a fazer peças étnicas, tais como um senhor da guerra árabe no filme de David Lean - Lawrence da Arábia (1962), e ele fez o papel principal no filme Barrabás (1961). Dois anos depois, ele atingiu o auge de sua carreira, atuando em Zorba, o Grego, no filme de 1964, o que lhe trouxe a sua quarta e última indicação ao Oscar de Melhor Ator.

Os anos 1960 foram gentis com ele: atuou em grandes filmes como As Sandálias do Pescador (1968) e O Segredo de Santa Vitória (1969). No entanto, sua aparição no papel-título da adaptação cinematográfica de John Fowles - Mago, O Falso Deus (1968), não fez nada para salvar o filme, que foi um dos piores dessa década. Na década de 1960 Quinn disse a revista Life que ele lutaria contra a tipificação. Infelizmente, a década seguinte o viu escorregar de volta para atuar em tipos étnicos novamente, como O Magnata Grego (1978). Ele estrelou como o prefeito hispânico de uma cidade do sudoeste em 1971, numa série de TV de curta duração, The Man and the City (1971), mas sua carreira perdeu seu impulso durante os anos 1970. Seus outros papéis importantes da década foi no controverso filme Maomé - O Mensageiro de Alá (1977), o patriarca italiano em L´Eredita Ferramonti (1976), ainda um outro árabe em Caravanas (1978) e um patriarca mexicano em Os Filhos de Sanchez (1978). Em 1983, ele reprisou seu papel mais famoso, Zorba o grego, na Broadway no revival do musical "Zorba", por 362 performances.

Apesar disso sua carreira no cinema diminuiu durante a década de 1990, ele continuou a trabalhar de forma constante em filmes e na televisão. Quinn viveu os últimos anos de sua vida em Bristol, Rhode Island, onde tinha um restaurante. Ele morreu no hospital em Boston em função de uma pneumonia e insuficiência respiratória ligada a sua batalha contra o câncer de garganta. Ele tinha 86 anos.

Com Katherine DeMille teve cinco filhos: Christopher Quinn (nascido em 27 de outubro de 1938 - morreu 15 mar 1941), Christina Quinn (nascido em 01 de dezembro de 1941), Catalina Quinn (nascido em 21 de novembro de 1942), Duncan Quinn (nascido em 4 de agosto de 1945) e Valentina Quinn (nascido em 26 de dezembro de 1952); com Jolanda Addolori teve três filhos: Francesco Quinn (nascido em 22 de março de 1963 - morreu em 05 de agosto de 2011), Danny Quinn (nascido em 16 de abril, 1964) e Lorenzo Quinn (nascido em 07 de maio de 1966); com Friedel Dunbar teve dois filhos: Sean Quinn (nascido em 07 de fevereiro de 1973) e Alex A. Quinn (nascido em 30 de dezembro de 1976); com Kathy Benvin teve dois filhos: Antonia Quinn (nascido em 23 de julho de 1993) e Ryan Quinn (nascido 5 de julho de 1996). Total: 12 filhos.

Ganhou seu segundo Oscar num filme em que ele só apareceu na tela por 23 minutos e 40 segundos.

Para fazer o filme Mago, O Falso Deus (1968), ele teve que raspar seu cabelo. Fez uma apólice de seguro contra o risco de que ele pode não voltar a crescer!

Antes dele lançar sua carreira de ator, Quinn trabalhou como engraxate de sapatos, vendedor de jornais, açougueiro, boxeador, pregador de esquina e trabalhou num matadouro. Ele também ganhou uma bolsa para estudar arquitetura com Frank Lloyd Wright, com quem desenvolveu uma estreita relação.

Hobbies: pintura e escultura.

Ele não se dava bem com seu primeiro sogro, o lendário produtor e diretor Cecil B. DeMille, embora mais tarde desenvolvesse uma boa relação.

Ele foi um dos poucos atores que atuavam facilmente e com sucesso entre estrelato e papéis de apoio ao longo de sua carreira. Em ambas as categorias, atuou uma vasta gama de personagens e etnias, incluindo americana, árabe, basco, Chinês, Inglês, francês, grego, havaiano, hebraico, Hun, irlandesa, italiana, mexicana, Mongol, nativo americano, Filipino, Português, espanhol e ucraniano.

Ele nasceu em Chihuahua, no México, em 1915, durante a revolução mexicana, e seu pai era um soldado no exército do revolucionário mexicano Pancho Villa. Após a revolução a família mudou-se para Los Angeles, CA, onde o pai de Quinn finalmente conseguiu um emprego como operador de câmera na Selig Film Studios. Quinn acompanhava muitas vezes seu pai para trabalhar, e se familiarizou com estrelas como Tom Mix e John Barrymore, com quem ele manteve a amizade na idade adulta.

Gostava muito de Keanu Reeves. Eles se tornaram amigos durante as filmagens de Caminhando nas Nuvens (1995).

Fez uma boa amizade com a atriz Maureen O´Hara, onde estrelaram juntos 6 vezes, sendo o primeiro O Cisne Negro (1942).

CITAÇÕES PESSOAIS
Na Europa, um ator é um artista. Em Hollywood, se ele não está trabalhando, é um vagabundo.

[Quando perguntado sobre sua etnia] Não faz diferença, pois sou uma pessoa do mundo.

Eu nunca fico com a garota. Eu acabo com um país, ao invés disso.

[Sobre Ingrid Bergman] Não havia homem que estive dentro de uma milha que não se apaixonasse por ela.

[Sobre Marlon Brando] Admiro o talento de Marlon, mas não invejo a dor que o criou.

[Sobre Marilyn Monroe] Uma loira de cabeça vazia com um traseiro gordo. Oh, Monroe era bonita o suficiente para se olhar, mas havia centenas de atrizes com melhor aspecto em torno de Hollywood. Mesmo depois que ela atingiu o grande momento, com Os Homens Preferem as Louras (1953), eu nunca soube o por quê de tanto alarido.

[Sobre Zorba, o Grego (1964)] Ninguém queria fazer aquele papel. Burl Ives e Burt Lancaster recusaram. Eles disseram: "Quem quer saber de um homem velho fazendo amor com uma velha prostituta?".

[Sobre Marlon Brando] Dez anos atrás não havia um ator que não invejava Brando. Ele foi excelente. Seu potencial era enorme. Mas o que aconteceu? Ele saiu de Hollywood, e, em vez de lutar contra outros gigantes, ele lutou contra pigmeus. Ele parou de crescer. Ele jogou o potencial a distância.

Spencer Tracy é um ator perigoso. Você nunca sabe o que ele vai fazer. Ele é um dos poucos atores que você nunca pode roubar-lhe a cena. Ele, Olivier e Jean Gabin.

Recebeu duas indicações ao Óscar de Melhor Ator (principal), por suas atuações em A Fúria da Carne (1957) e Zorba, o Grego (1964).
Ganhou dois Óscar de Melhor Ator (coadjuvante/secundário), por suas atuações em Viva Zapata! (1952) e Sede de Viver (1956).
Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator em cinema (drama), por Zorba, o Grego (1964).
Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator em Comédia/Musical, por O Segredo de Santa Vitória (1969).
Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante - Filme para TV, por Gotti - No Comando da Máfia (1996).
Ganhou o Prêmio Cecil B. DeMille, em 1987.
Recebeu duas indicações ao BAFTA de Melhor Ator, por "Lawrence da Arábia" (1962) e "Zorba, o Grego" (1964).
Recebeu uma indicação ao Framboesa de Ouro de Pior Ator Coadjuvante, por "Império do Crime" (1991).

1996 - Il sindaco
1996 - Gotti - No comando da máfia (Gotti) (TV)
1996 - Seven servants
1995 - Caminhando nas nuvens (A walk in the clouds)
1994 - Hércules e o labirinto do minotauro (Hercules and the maze of *the minotaur) (TV)
1994 - Hércules no mundo dos mortos (Hercules in the Underworld) (TV)
1994 - Hércules e o círculo de fogo (Hercules and the circle of fire) (TV)
1994 - Alguém para amar (Somebody to love)
1994 - Hércules em busca do reino perdido (Hercules and the lost kingdon) (TV)
1994 - Hércules e as amazonas (Hercules and the Amazon Women) (TV)
1994 - Vestígios de uma paixão (This can´t be love) (TV)
1993 - O último grande herói (Last Action Hero) - ONLINE
1991 - A star for two
1991 - Império do Crime (Mobsters)
1991 - Febre da selva (Jungle fever)
1991 - Mamãe não quer que eu case (Only the lonely)
1990 - Fantasmas não transam (Ghost can´t do it)
1990 - The old man and the sea (TV)
1990 - Vingança (Revenge)
1989 - Stradivari
1988 - Pasión de hombre
1988 - Onassis: The richest man in the world (TV)
1982 - Regina Roma
1982 - Valentina (Valentina)
1981 - Crosscurrent
1981 - Alto risco (High Risk)
1981 - A salamandra (The Salamander)
1980 - O leão do deserto (Lion of the desert)
1979 - Passageiros do inferno (The Passage)
1978 - Os filhos de Sanchez (The Children of Sanchez)
1978 - Caravans
1978 - O magnata grego (The Greek Tycoon)
1977 - Jesus de Nazaré
1976 - A mensagem (The Message)
1976 - No alvo de um assassino (Target of an assassin)
1976 - Um blefe de mestre (Bluff storia di truffe e di imbroglioni)
1976 - A herança dos Ferramonti (L´eredità Ferramonti)
1974 - Contrato com Marselha (The Destructors)
1973 - A morte do chefão (The Don is dead)
1972 - A máfia nunca perdoa (Accross 110th Street)
1972 - Rápidos, brutos e mortais (Los Amigos)
1972 - El asesinato de Julio César
1972 - The Voice of La Raza
1971 - The City (TV)
1970 - Flap
1970 - R.P.M. (R.P.M.)
1970 - Caminhando sob a chuva da primavera (Walk in the Spring Rain)
1969 - Um sonho de reis (A Dream of Kings)
1969 - O Segredo de Santa Vitória (The Secret of Santa Victoria)
1968 - O mago (The Magus)
1968 - As sandálias do pescador (The Shoes of the Fisherman)
1968 - Os canhões de San Sebastian (The Bataille of San Sebastian)
1967 - O heróico lobo do mar (L´Avventuriero)
1967 - Acontece cada coisa (The Happening)
1967 - A vigésima-quinta hora (La vingt-cinquième heure)
1966 - A patrulha da esperança (Lost Command)
1965 - Marco the magnificent
1965 - Vendaval em Jamaica (A High Wind in Jamaica)
1964 - Zorba, o grego (Alexis Zorbas)
1964 - A visita (The Visit)
1964 - A voz do meu sangue (Behold a Pale Horse)
1962 - Lawrence da Arábia (Lawrence of Arabia)
1962 - Réquiem para um lutador (Requiem for a heavyweight)
1961 - Barrabás
1961 - Os canhões de Navarone (The Guns of Navarone)
1960 - Retrato em negro (Portrait in black)
1960 - Jogadora infernal (Heller in pink tights)
1960 - Sangue sobre a neve (The Savage Innocents)
1959 - Duelo de titãs (Last Train from Gun Hill)
1959 - Minha vontade é lei (Warlock)
1958 - A orquídea negra (The Black Orchid)
1958 - Quando vem a tormenta (Hot Spell)
1957 - A fúria da carne (Wild Is the Wind)
1957 - O retorno sangrento (The Ride Back)
1957 - Matar para viver (The River´s Edge)
1956 - Orgia sangrenta (The Wild Party)
1956 - O corcunda de Notre Dame (Notre Dame de Paris)
1956 - Blefando com a morte (Man from Del Rio)
1956 - Sede de viver (Lust for Life)
1955 - As sete cidades do ouro (Seven cities of gold)
1955 - O salário do pecado (The Naked Street)
1955 - O magnífico matador (The Magnificent Matador)
1954 - Attila (Attila)
1954 - Ulisses (Ulysses)
1954 - A estrada da vida (La strada)
1954 - Procurado por homicídio (The Long Wait)
1953 - Cavalleria rusticana
1953 - Donne proibite
1953 - Il più comico spettacolo del mondo
1953 - Sangue da terra (Blowing wind)
1953 - Ao sul de Sumatra (East of Sumatra)
1953 - A bela e o renegado (Ride, vaquero!)
1953 - Seminole (Seminole)
1953 - Cidade submersa (City beneath the sea)
1952 - Contra todas as bandeiras (Against All Flags)
1952 - O mundo em seus braços (The World in His Arms)
1952 - O rei e o aventureiro (The Brigand)
1952 - Viva Zapata! (Viva Zapata!)
1951 - A máscara do vingador (Mask of the avenger)
1951 - Touros bravos (The Brave Bulls)
1947 - Tycoon
1947 - Ouro negro (Black gold)
1947 - O meu pecado (The Imperfect Lady)
1947 - Sinbad the sailor
1946 - Califórnia (California)
1945 - Espírito indomável (Back to Bataan)
1945 - Fantasias do amor (Where Do We Go From Here?)
1945 - Sob o céu da China (China sky)
1944 - Olhos travessos (Irish eyes are smiling)
1944 - Buffalo Bill (Buffalo Bill)
1944 - Roger Touhy, gangster
1944 - Ladies of Washington
1943 - Guadalcanal diary
1943 - Consciências mortas (The Ox-Bow Incident)
1942 - O cisne negro (The Black Swan)
1942 - A sedução do Marrocos (Road to Morocco)
1942 - Vale a pena roubar (Larceny, Inc.)
1941 - The Perfect Snob
1941 - O intrépido general Custer (They Died with Their Boots On)
1941 - Bullets for O´Hara
1941 - Sangue e areia (Blood and Sand)
1941 - Thieves fall out
1941 - Knockout
1940 - The Texas Rangers ride again
1940 - Dois contra uma cidade inteira (City for conquest)
1940 - Parole fixer
1940 - Castelo sinistro (The Ghost Breakers)
1940 - A sereia das ilhas (Road to Singapore)
1940 - Emergency squad
1939 - Island of lost men
1939 - Television spy
1939 - Aliança de aço (Union Pacific)
1939 - King of Chinatown
1938 - O tirano de Alcatraz (King of Alcatraz)
1938 - Bulldogg Drummond in Africa
1938 - Hunted men
1938 - Tip-off girls
1938 - Verdugo de si mesmo (Dangerous to know)
1938 - Lafitte, o corsário (The Buccaneer)
1937 - Tráfico humano (Daughter of Shanghai)
1937 - Partners in crime
1937 - The Last train from Madrid
1937 - Under strange flags
1937 - Amor havaiano (Waikiki Wedding)
1937 - Começou no trópico (Swing high, swing low)
1936 - Jornadas heróicas (The Plainsman)
1936 - Night waitress
1936 - Sworn enemy
1936 - Parole
1936 - Haroldo Tapa-Olho (The Milky Way)

Galeria

Pode fazer uma doação?

Ajude-nos a manter o site no ar! Clique aqui.