Ray Milland

Ray Milland, nome artístico de Reginald Alfred Truscott-Jones (Neath, Glamorgan, 3 de janeiro de 1905 — Torrance, 10 de março de 1986), foi um diretor e ator de cinema e televisão britânico, nascido no País de Gales e naturalizado cidadão americano.

Ray Milland se tornou um dos astros mais vendáveis e duráveis da Paramount, sob contrato de 1934 a 1948. Nascido na cidade galesa de Neath, Glamorgan, em 1905, ele passou sua juventude fazendo esportes. Se tornou um perito cavaleiro logo cedo, trabalhando com cavalos na propriedade de seu tio. Aos 21 anos foi para Londres como um membro da elite da guarda da família real, passando por um período rigoroso de 19 meses de formação, aprimorando ainda mais suas habilidades eqüestres, além de se tornar adepto de esgrima, boxe e tiro.

No entanto, depois de quatro anos, de repente ele perdeu seus meios de apoio financeiro (sendo a renda independente uma exigência na Guarda), quando seu padrasto interrompeu sua mesada. Quebrado, ele tentou atuar em pequenas peças nos palcos de Londres. Quando ele apareceu pela primeira vez na tela em filmes britânicos, foi anunciado pela primeira vez como Pico Milland, em seguida, Raymond Milland. Em 1929, Ray fez amizade com a popular atriz Estelle Brody em uma festa e, no final daquele ano, a visitou no set de seu último filme, O Brinquedo (1929). O produtor convenceu o belo galês a atuar em uma pequena parte do filme. Ray aceitou o desafio e papéis maiores seguiram, incluindo ser o protagonista masculino em A Dama do Mar (1929). No ano seguinte, ele foi contratado pela MGM e foi para Hollywood, mas sem muitos papéis, exceto para o papel no filme Castigo do Céu (1932). Depois de um ano, Ray estava fora de contrato e retornou à Inglaterra.

Sua grande chance começou em 1934, quando ele se juntou a Paramount, onde deveria permanecer durante a maior parte de sua carreira em Hollywood. Durante os primeiros anos, ele atuou sempre como coadjuvante, geralmente como o afável homem urbano, em comédias românticas. Ele atuaou em Muitas Felicidades (1934), como um aristocrata britânico farsante em O Lírio Dourado (1935) e foi descrito como "excelente" por colaboradores por seu papel no drama sentimental Mulher Admirável (1935). Em 1936, ele se atuou em papéis principais, primeiro como o caçador britânico ferido resgatado em uma ilha tropical pela Princesa da Selva (1936). Depois disso, foi o herói titular de Evasão (1937) e, finalmente, ganhou a menina (em vez de ser o "outro homem") na comédia Garota de Sorte (1937).

Ele também revisitou os trópicos em O Tufão (1937), Idílio na Selva (1938) e Feitiço do Trópico (1938), além de ser um dos três irmãos valentes de Beau Geste ( 1939). Em 1940, Ray foi enviado de volta para a Inglaterra para estrelar a adaptação para o cinema Caçadora de Corações (1940), pelo qual recebeu suas melhores críticas até então. Com John Wayne fez Vendaval de Paixões (1942), superando Wayne em uma luta - para desgosto pessoal "de Duke" - e mais tarde lutando com um polvo gigante. Também nesse ano, ele foi dirigido por Billy Wilder em uma comédia encantadora, A Incrível Suzana (1942), para o qual ele ganhou boas críticas do New York Times. Em seguida fez um caçador de fantasmas em O Solar das Almas Perdidas (1944), e o herói preso em uma teia de espionagem em Quando Desceram as Trevas (1944). Com a força de sua interpretação no papel de "major Kirby", Billy Wilder escolheu Ray para fazer o tipo de drama inovador em Farrapo Humano (1945). Teve um desempenho decisivo de sua carreira, seus críticos o aclamavam como um homem de liderança: "Mr. Milland, em uma performance magnífica, alcança toda a natureza feio de um "bêbado", mas revela o tormento interior e degradação de um homem respeitável que conhece a sua fraqueza e sua vergonha" (New York Times, 03 de dezembro, 1945).

Chegamos ao ponto alto de sua carreira, Ray Milland ganhou o Oscar de Melhor Ator, bem como outros prêmios. Raramente lhe era dado um material novo, no entanto atuou em muitos filmes esplêndidos, muitas vezes explorando o recém-descoberto "lado obscuro" de sua personalidade: como o repórter acusado de assassinato em O Relógio Verde (1948); como o sofisticado e manipulador ladrão de arte no melodrama vitoriano Alma Negra (1948) (para a qual produtor Hal B. Wallis o mandou de volta para a Inglaterra); como um procurador da República honesto em O Enviado de Satanás (1949); e como cientista traidor em O Ladrão Silencioso (1952), o que os críticos descreviam como um desempenho "sensível" e "imponente". Em 1954, Ray atuou como um ex-campeão de tênis, que chantageia um idiota para assassinar sua esposa, em Disque M Para Matar (1954). Ele fez o papel com sofisticação urbana e desapego frio por toda parte, até mesmo na cena do desfecho, oferecendo calmamente uma bebida para quem o prendeu.

Com Lisboa (1956), Ray Milland gerenciou sua carreira de outra forma, atuando em filme de baixo orçamento, e ele mesmo dirigindo, como O Arrombador de Cofres (1958) e Pânico no Ano Zero (1962). Ao mesmo tempo, ele alegremente fez a transição para adaptações de teatro, filmes de horror e ficção. De acordo com a sua própria determinação de fazer qualquer coisa que tivesse "qualquer originalidade", ele trabalhou em Obsessão Macabra (1962); e como o cirurgião autodestrutivo e obcecado "Dr. Xavier" em O Homem dos Olhos de Raio-X (1963), um filme que, apesar do seu baixo orçamento, ganhou em 1963 o prêmio do Festival Asteroid Trieste de Ficção Científica.

Como o passar dos anos, Ray gradualmente se livrou de sua peruca longa, emprestando dignidade através de sua presença em muitos filmes de televisão, como Cave In! (1983) e melodramas sentimentais como Love Story - Uma História de Amor (1970). Ele estrelou várias séries antológicas na televisão e teve papéis notáveis em Galeria do Terror (1969) e o original Galactica: Astronave de Combate (1978) (como membro do Quorum Sire Uri). Ele também teve uma breve passagem na Broadway, estrelando como "Simon Crawford" em "testemunha hostil" (1966).

Em sua vida privada, Ray era um velejador entusiasta, que amava de pesca e colecionava informações através da leitura do Enciclopédia Britânica. Anos mais tarde, tornou-se muito popular com os entrevistadores por causa de sua espontaneidade sincera e humor auto-depreciativo. Na mesma linha, ele escreveu uma biografia anedótica, "Wide-Eyed na Babilônia", em 1976.

Estrela de cinema, ator excelente e diretor, Ray Milland casou-se em 30/09/1932 com Muriel Webber e permaneceu com ela até o dia de sua morte. O casal teve um filho, Daniel, e adotou uma filha, Victoria. Os Millands procuraram manter-se afastados das luzes de Hollywood, sendo raramente mencionados nas colunas de fofocas.

Teve um filho natural (Dan Milland) e uma filha adotiva (Victoria Milland).

Ao trabalhar em Revoada das Águias (1941) subiu com um piloto para testar um avião para a filmagem. Enquanto estava no ar, Ray decidiu fazer um salto de pára-quedas (sendo um pára-quedista amador), mas, antes que ele pudesse pular, o avião começou a engasgar e o piloto disse para não pular pois estavam com pouca gasolina e ele precisava dela para pousar. Uma vez no chão e no hangar, Ray começou a contar sua história de como ele queria fazer um salto. Enquanto contava sua história, o piloto ficou sem cor no rosto. Quando perguntado por quê, ele disse a Ray que o pára-quedas que ele estava usando no avião era "apenas um adereço". Não havia nenhum pára-quedas!

Durante as filmagens de Vendaval de Paixões (1942), a personagem de Milland tinha que ter cabelo "encaracolado". O cabelo de Milland era naturalmente liso, de modo que o estúdio usou ferros quentes em seu cabelo para conseguir o efeito. Milland sentiu que este procedimento foi que o levou a prematuramente ficar careca, forçando-o a não mais atuar como galã, mais cedo do que ele teria desejado.

Tem uma tatuagem no braço direito superior de um crânio com uma cobra enrolada em cima dela com o rabo da cobra saindo através de um dos olhos. A tatuagem pode ser visto por um breve momento no filme Idílio na Selva (1938). Fez essa tatuagem quando tinha 15 anos e trabalhava num navio. Sua mãe tinha verdadeiro horror pela tatuagem. Mais tarde declarou ter se arrependido amargamente de tê-la feito.

Ele é o único vencedor do Oscar de Melhor Ator (para Farrapo Humano (1945)) que não disse uma única palavra durante seu discurso de aceitação optando, ao invés disso, em simplesmente abaixar a cabeça para o público antes de sair do palco.

Com a idade de 18 anos, Milland alistou-se na Guarda Real, por quatro anos da ativa e da reserva de 8 anos. Como parte de seu treinamento, ele tornou-se especialista na esgrima, boxe, equitação e pontaria.

Teve um terrível acidente durante as filmagens de Hotel Imperial (1939), quando a sela do cavalo quebrou e ele caiu de cabeça em uma pilha de tijolos. Seus ferimentos mais graves foram uma concussão que o deixou inconsciente por 24 horas, um corte de 3 polegadas em seu crânio que teve 9 pontos para fechar, e inúmeras fraturas e lacerações em sua mão esquerda.

Piloto licenciado, tentou alistar-se nas Forças Aéreas do Exército dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, mas foi rejeitado devido a uma "mão esquerda prejudicada." Em vez disso, trabalhou como instrutor de voo civil para o Exército.

SUAS CITAÇÕES
O maior inconveniente em fazer fotos é o fato de que os cineastas têm que comer.

[Quando perguntado por que ele tinha aparecido em tantos filmes ruins no final de sua carreira] Pelo dinheiro, meu velho, pelo dinheiro!

Ronald Reagan e George Murphy são muito, muito bons homens. Eles são muito patriotas. A palavra é exagerada, mas no caso deles, realmente se aplica.

Agora as estrelas passeiam em supermercados vestidas com calças de brim. É deprimente. Eu realmente acho que a culpa é do "Método", uma escola de atores em Nova York. Eles querem que o ator seja natural, real, você sabe, gente real. Bem, Deus, em cada esquina você pode topar com pessoas reais. O negócio do entretenimento é um mundo de fantasia. Eu não acho que uma estrela feminina deve ser vista com qualquer roupa. Hollywood foi construída sobre glamour, e é melhor recuperá-lo o mais rapidamente possível.

Eu vou ao cinema para me divertir, não para ficar deprimido.

[Sobre o que aconteceu no dia da cerimônias do Oscar, em 1946] O dia amanheceu e eu sabia que não poderia enfrentá-lo e fiz com que minha minha mente não quisesse comparecer. No café da manhã eu disse isso de forma hesitante para minha esposa sobre minha decisão. Ela lentamente pousou o garfo e apenas me olhou. Eu não sabia para onde olhar. Então ela disse: "Eu sei que você é errático, volátil, e possuidor de um mau humor. Mas eu nunca pensei que você fosse um covarde!" Em seguida, com um olhar tão frio quanto o de uma freira canadense, ela disse: "Você vai para essa cerimônia esta noite, nem que nós tenhamos que colocá-lo em uma camisa de força".

[Sobre Paulette Goddard] Ela é a atriz mais honesta que eu já conheci.

A minha filosofia é fazer o que você pode com o que você tem. Eu sei de alguns atores da minha geração que choram "Por que eles não me enviam quaisquer scripts?" Digo-lhes: "Porque você ainda pensa em si mesmo como um galã. Você está com 68 anos, e não 38. Encare isso".

Oscar de melhor ator
1946 - Farrapo Humano

Prêmio Globo de Ouro
1946 - Farrapo Humano

1985 The Gold Key
1984 Serpiente de mar
1984 The Masks of Death (TV)
1982-1983 Casal 20 (TV)
1983 Cave In! (TV)
1983 Rota do Perigo (TV)
1982 The Royal Romance of Charles and Diana (TV)
1981 Our Family Business (TV)
1980 The Attic
1980 The Dream Merchants (TV)
1980 As Panteras (TV)
1979 O Barco do Amor (TV)
1979 Game for Vultures
1979 Fuga de um Pesadelo
1979 The Darker Side of Terror (TV)
1978 A História de Oliver
1978 Ilha da Fantasia (TV)
1978 Galactica: Astronave de Combate (TV)
1978 Galactica: Astronave de Combate
1978 Blackout
1978 Slavers
1978 The Hardy Boys/Nancy Drew Mysteries (TV)
1978 Cruise Into Terror (TV)
1977 La ragazza dal pigiama giallo
1977 Trama Sinistra
1977 Testimony of Two Men (TV)
1977 Cuibul salamandrelor
1977 Seventh Avenue (TV)
1976 O Último Magnata
1976 Mayday at 40,000 Feet! (TV)
1976 Look What´s Happened to Rosemary´s Baby (TV)
1976 Rich Man, Poor Man - Book II (TV)
1976 Ases do Espaço
1976 Rich Man, Poor Man (TV)
1976 The Swiss Conspiracy
1975 Ellery Queen (TV)
1975 A Montanha Enfeitiçada
1975 The Dead Don´t Die (TV Movie)
1974 A Maldição do Ouro
1974 Un par de zapatos del ´32
1973 Terror in the Wax Museum
1973 The Big Game
1973 The House in Nightmare Park
1972 Cool Million (TV)
1971-1972 Columbo (TV)
1972 The Thing with Two Heads
1972 A Invasão das Rãs
1972 Embassy
1971 Meio-Dia Preto (TV Movie)
1971 Company of Killers (TV Movie)
1971 Galeria do Terror (TV Series)
1971 River of Gold (TV Movie)
1970 Love Story - Uma História de Amor
1970 Os Audaciosos (TV Series)
1969 Daughter of the Mind (TV)
1969 Bracken´s World (TV)
1968 Hostile Witness
Simon Crawford - Q.C.
1964 The Confession
1963 The DuPont Show of the Week (TV)
1963 The Silver Burro (TV)
1963 The Alfred Hitchcock Hour (TV)
1963 Kraft Mystery Theater (TV)
1963 O Homem dos Olhos de Raio-X
1962 Pânico no Ano Zero
1962 Obsessão Macabra
1962 Alcoa Premiere (TV)
1959-1960 Markham (TV)
1959 Goodyear Theatre (TV)
1956-1958 General Electric Theater (TV)
1958 Decision (TV)
1958 Suspicion (TV)
1958 O Arrombador de Cofres
1957 Audácia a Jato
1957 Matar para Viver
1957 Schlitz Playhouse of Stars (TV Series)
1956 Difamação de um Homem
1956 The Ford Television Theatre (TV)
1956 Lisboa
1956 Screen Directors Playhouse (TV)
1955 Um Homem Solitário
1955 O Escândalo do Século
1953-1955 Meet Mr. McNutley (TV Series)
1954 Disque M para Matar
1953 A Meia-Noite do Amor
1953 O Mistério da Casa Grande
1952 O Ladrão Silencioso
1952 Na Voragem do Vício
1952 O Último Baluarte
1951 Lágrimas de Mulher
1951 Um Gato em Minha Vida
1951 Veneração
1951 Circle of Danger
1950 O Vale da Ambição
1950 Perdidamente Tua
1950 A Woman of Distinction
1949 Todas as Primaveras
1949 O Enviado de Satanás
1948 A Dança dos Milhões
1948 Enquanto a Morte Espera
1948 O Relógio Verde
1948 Alma Negra
1947 Miragem Dourada
1947 Cigana Feiticeira
1947 Domínio das Mulheres
1947 Meu Pecado
1947 Califórnia
1946 Champanhe Para Dois
1945 Farrapo Humano
1945 Flor do Lodo
1944 Quando Desceram as Trevas
1944 Um Lírio na Cruz
1944 O Solar das Almas Perdidas
1944 A Mulher que não Sabia Amar
1943 Bola de Cristal
1943 Para Sempre e um Dia
1942 A Incrível Suzana
1942 Marido, Mulher & Cia.
1942 Vendaval de Paixões
1942 Coquetel de Estrelas
1942 Num Corpo de Mulher
1941 Contrastes Humanos
1941 Com Qual dos Dois?
1941 Revoada das Águias
1940 Levanta-te, Meu Amor!
1940 Fúria Branca
1940 Esposa de Mentira
1940 Irene
1940 Caçadora de Corações
1939 Idílio nos Alpes
1939 Beau Geste
1939 Hotel Imperial
1938 Dize-mo em Francês
1938 Conquistadores do Ar
1938 Feitiço do Trópico
1938 Idílio na Selva
1937 Moça de Expediente
1937 O Tufão
1937 Garota de Sorte
1937 Asas Sobre Honolulu
1937 Evasão de Bulldog Drummond
1936 Princesa da Selva
1936 Três Pequenas do Barulho
1936 Ondas Sonoras de 1937
1936 A Volta de Miss Lang
1936 Amemos Outra Vez
1935 A Chave de Vidro
1935 Mulher Admirável
1935 4 Horas para Matar
1935 O Lírio Dourado
1934 Entrevista Tardia
1934/I Menace
1934 Charlie Chan em Londres
1934 Muitas Felicidades
1934 Orders Is Orders
1934 Cupido ao Leme
1934 Bolero
1933 This Is the Life
1932 Castigo do Céu
1932 Conquistador Irresistível
1932 Atriz do Circo
1932 O Homem Deus
1931 Gente Esperta
1931 O Embaixador Bill
1931 Comprada
1931 Gigolô
1931 Beijos a Esmo
1931 Papai Solteirão
1930 Um Sonho Apenas
1930 Marujo Amoroso
1929 Almas das Ruas
1929 The Plaything
1929 The Flying Scotsman
1929 The Lady from the Sea
1929 Piccadilly
1928 Moulin Rouge

Galeria

Pode fazer uma doação?

Ajude-nos a manter o site no ar! Clique aqui.