...E o Vento Levou



Para assistir o filme faça sua identificação, é simples e rápido! Basta clicar aqui!

Informações

Título: ...E o Vento Levou
Título Original: Gone with the Wind
Direção: Victor Fleming, George Cukor
Elenco: Clark Gable, Vivien Leigh, Leslie Howard, Olivia de Havilland, Thomas Mitchell, Barbara O´Neil, Evelyn Keyes, Ann Rutherford, George Reeves, Fred Crane, Hattie McDaniel, Oscar Polk, Butterfly McQueen, Victor Jory, Everett Brown
Sinopse: Durante a Guerra Civil Americana, quando fortunas e famílias foram destruídas, um cínico aventureiro e uma jovem determinada que foi duramente atingida pela guerra se envolvem numa relação de amor e ódio.
Observações: VENCEDOR OSCAR - melhor filme, melhor atriz para Vivien Leigh, melhor atriz coadjuvante para Hattie McDaniel, melhor diretor para Victor Fleming, melhor roteiro, melhor fotografia, melhor direção de arte, melhor edição.
- O fato de que Hattie McDaniel seria impedida de assistir à estreia em Atlanta racialmente segregada irritou Clark Gable tanto que ele ameaçou boicotar a estreia, a menos que ela pudesse participar. Mais tarde, ele cedeu quando ela o convenceu a ir.
- Hattie McDaniel tornou-se a primeira afro-americana a ser nomeada, e ganhar, um Oscar.
- Primeiro filme colorido a ter ganho o Oscar de Melhor Filme.
- Quando Gary Cooper recusou o papel de Rhett Butler, ele apaixonadamente disse: "... E o Vento Levou vai ser o maior fracasso da história de Hollywood e eu ficarei muito feliz por ser Clark Gable a quebrar a cara e não eu, Gary Cooper".
- Vivien Leigh trabalhou durante 125 dias e recebeu cerca de US$ 25.000. Clark Gable trabalhou por 71 dias e recebeu mais de US$ 120.000.
- Margaret Mitchell aprovou pessoalmente Vivien Leigh no papel de Scarlett.
- Se a arrecadação da bilheteria fosse ajustados pela inflação, seria o filme de maior bilheteria de todos os tempos; Guerra nas Estrelas (1977) seria apenas o segundo filme de maior sucesso de todos os tempos. De acordo com a página inicial do Guinness World Records, o total bruto para "GWTW" seria de US$ 4,401,358,554.94 em 2012.
- Poucos dos atores gostaram das personagens interpretadas por eles. Clark Gable foi induzido a aceitar seu papel através de acordos. Rand Brooks, que atuou como o primeiro marido de Scarlett, Charles Hamilton, era na verdade um grosseirão que se opôs a interpretar um personagem fracote. Butterfly McQueen não gostou do estereótipo negativo de sua personagem. Leslie Howard sentia que ele era muito velho para o papel de Ashley Wilkes e reclamou que seus trajes fazia parecer "um porteiro de fadas" em um hotel.
- Para adicionar publicidade, os fãs foram convidados a votar para a atriz que eles achavam que deve atuar como Scarlett. Fora das centenas de cédulas, Vivien Leigh teve apenas um voto.
- A primeira cena a ser filmada foi a queima do Atlanta. Utilizaram na queima cenários antigos de O Jardim de Alá (1936), a "Grande Muralha" e King Kong (1933). O custo de incêndio for de mais de US$ 25.000 e rendeu 113 minutos de imagens. Foi tão intenso que os moradores das redondezas sobrecarregaram as linhas de telefones do corpo de bombeiros, pensando que a MGM estava se incendiando.
- Vivien Leigh não estava feliz com o estilo brusco de Victor Fleming após a direção cuidadosa que ela tinha desfrutado com George Cukor. Em uma ocasião, quando ela pediu seu conselho construtivo, ele disse a ela para "tomar o script e colá-la em seu traseiro real britânico". Depois da partida de Cukor, Leigh teve que lutar duro para manter Scarlett do filme fiel à sua imagem do livro. A interpretação de Fleming era que ela era uma cadela no romance e que ele não tinha nenhum desejo de criar qualquer simpatia ou insight para ela.
- Vivien Leigh disse mais tarde que ela odiava beijar Clark Gable por causa de seu mau hálito, provavelmente causado por seus dentes falsos, resultado do excesso de fumo.
- Para a cena em que Scarlett escapa da queima do Atlanta, um cavalo magro era necessário, que foi encontrado logo após o incêndio. Mas nos preparos da cena o cavalo ganhou peso, e suas costelas já não eram visíveis. Não havia tempo para encontrar um substituto, de modo que o departamento de make-up pintou densas sombras sobre suas costelas, para dar a aparência de desnutrição.
- Nem Clark Gable ou Leslie Howard queriam estar no filme. Howard nem sequer se preocupara em ler o romance original.
- Como Scarlett é descrita no livro como tendo olhos verdes, a cor dos olhos de Vivien Leigh foi corrigida manualmente na pós-produção de seu natural azul para verde.
- Entre as atrizes consideradas para o papel de Scarlett, Tallulah Bankhead (uma autêntica "bela dama do sul" de Alabama) foi a principal candidata, mas sua vida pessoal desagradável deixou os produtores relutantes em contratá-la.
- As cenas iniciais do filme foram originalmente filmadas no início da produção, mas refeitas perto do fim. Depois de trabalhar por meses, Vivien Leigh tinha-se tornado visivelmente abatida e precisava de uma pausa das filmagens antes que ela pudesse voltar a representar Scarlett mais jovem e mimada. O vestido branco foi adicionado para a refilmagem afim de enfatizar o sentido de virgindade e inocência de Scarlett no início do filme.

Ano: 1939 / País: EUA / Duração: 238 / Gênero: Drama, Guerra, Romance / LEG / COR

Pode fazer uma doação?

Ajude-nos a manter o site no ar! Clique aqui.

Comentários

Media Object

carlos - 13/09/2016 -

MUITO BOM

Media Object

MARCO AURELIO BERNARDES - 01/09/2016 -

Simplesmente lindo.

Media Object

vania - 29/07/2016 -

Além de ser uma obra prima do cinema ,por tudo que foi proposto pela história essas observação fazes a Vivian Leigh merecer esse papel ,realmente o que é bom virá clássico e nunca o vento levará ,pois como dizia Scarlett amanhã será um novo dia.

Media Object

maria do carmo guedes - 17/07/2016 -

Filme maravilhoso, j? perdi a conta de quantas vezes eu assisti, ? um filme que n?o cansa apesar de ser longo!!!!!!!!!

Media Object

Eliude Feijó Schneider - 14/07/2016

amo demais esse filme.maravilhoso.

Media Object

Barbara Francisca dos Reis - 10/07/2016 -

Que filme!!! Quantos desencontros. É a quinta vez que vejo, e não me canso. Eu não tinha essas informações da história da época das filmagens, e gostei muito. Agradeço.

Media Object

Carter - 28/06/2016 -

Esse filme é uma obra de arte , até hoje não tem nenhum filme que supere esse

Media Object

Nilza Valence - 21/06/2016

Um dos melhores de todos os tempos, mas muito triste!

Media Object

Horace Young Kirkpatrick (77Z) - 13/04/2016 -

M A R A V I L H O S O! F A N T Á S T I C O! S E N S A C I O N A L!Filme de superlativos, tudo no filme conspira para ser o que foi, por muito tempo: o melhor filme de todos os tempos. O figurino, a canção, o roteiro, o enredo, os atores, e principalmente... Vivien Leigh. Não consigo imaginar ninguém mais fazendo esse papel. Nunca haverá quem faça igual. Já assisti uma meia-dúzia de vezes e já estou me preparando para assistir novamente.

ATENÇÃO: se você está com problemas para se logar no site VK, reveja o manual passo a passo de Configuração do VK (acima). Não responderemos mensagens sobre isso.